(tá rolando promoção no blog, não esquece de participar clicando aqui!)

Depois de muito tempo sem postar nessa categoria, resolvi tirar a poeira do #dujour! Nesse sábado, eu fui em um casamento que estava esperando há algum tempinho… Além de ser porque um casamento sempre envolve sentimentos bonitos e emocionantes, eu simplesmente estava super animada para usar o vestido que parece que não queria ser usado…

A primeira oportunidade que tive para usar o vestido foi cancelada, o que me deixou triste, porque não pude ir e nem usar meu vestido bonito… Então resolvi que ia levá-lo para Chicago para usar no Ano Novo, mas esqueci de colocar na mala, ou seja, não pude usar por lá _ o que, pensando bem, foi bom, porque iria congelar de frio! E bem, depois de uma série de empecilhos consegui usar e mostro tudo para vocês nesse “du jour” (:

20140225-181823.jpg 20140225-181849.jpg

Eu comprei esse vestido em São Paulo, quando fui (re)fazer o visto. Ele é da coleção da Patricia Bonaldi para a C&A. Eu que nem sou muito fã dela, quando entrei na C&A do Morumbi me apaixonei por ele e mais algumas coisinhas e tive que levar esse vestido de tule e outro vestido. Meu único porém é: custou carinho ($$$) e as pedrinhas não são costuradas com tanto amor e carinho quanto deveriam pelo preço. Vou ter que dar uns pontinhos no vestido ): . Mas ele é de tule, e eu acho tule umas coisas coisa mais fofas do mundo!

Acredito que vocês tenham reparado que eu não estava de salto! Tenho 19 anos, não sou mais criança, sei disso, acho salto lindo mas: a) sou muito desastrada para andar de salto e sempre tropeço; b) tenho problema de circulação e toda vez que eu uso salto minhas pernas ficam muito cansadas; c) nunca achei um sapato de salto que me deixe “confortável” por mais de 2 horas e acho super feio ficar sem sapato no meio da festa… Pensando em tudo isso, sou a maior admiradora e defensora das sapatilhas em eventos formais!

20140225-181907.jpg20140225-181831.jpg

Não sei se já comentei por aqui, mas acredito que toda mulher tem que saber se virar sem cabeleireiro/maquiador. É claro que cada tipo de penteado ou maquiagem existe sua prática e seus cursos, mas acho que “o básico” devemos saber fazer… Por causa disso são caríssimas as vezes que vou no cabeleireiro para me arrumar para uma festa, ou vou fazer maquiagem em um salão. Tem que ser algo muito especial, tirando isso, eu faço em casa mesmo.

Como vocês devem imaginar: tanto o cabelo quanto a maquiagem desse #dujour festivo foi feito por mim e sem ajuda de ninguém, haha. É óbvio que como não sou maquiadora e muito menos cabeleireira profissional, as coisas não ficaram perfeitinhas, mas ó: fiquei super orgulhosa de mim.

20140225-181930.jpg

O cabelo foi tão fácil de fazer que fiquei preocupada: quando a esmola é demais, o santo desconfia, sabe?! Passei spray para dar uma segurada e coloquei alguns grampinhos, porque vai que o universo estava pregando uma peça em mim… Mas tudo ficou no lugar a noite toda, mesmo eu pulando um pouco demais, haha.

Como o vestido era meio bailarina e o namô invocou que ele parecia de Cisne Negro, resolvi incorporar a bailarina ~obscura~ na maquiagem e fazer um esfumadinho super brilhoso e preto. Foi rapidex, juro para vocês! Acho que estava tudo conspirando para eu não me atrasar e ó: cheguei antes que a noiva, viu!? Haha.

20140225-181855.jpg

Ficha do du jour:

Vestido: Patricia Bonaldi para C&A
Sapatilha: 

Headband: Topshop

Produtos usados na maquiagem:
Base: Hello Flawless Oxygen wow! da Benefit
Corretivo: Fake up, da Benefit
Sombras: Infallible 24h, cor Eternal Black da L’Oreal; Paleta Naked Basics, cores Faint e Crave, da Urban Decay; Pode
Blush: Orgasm da NARS
Iluminador: Watt’s up, Benefit.
Rímel: Volum’ Express® Falsies Big Eyes e o Colossal, todos da Maybelline.
Batom: Cindy Lauper Viva Glam, da MAC

Sei que é meio bleh fazer post de look do dia (du jour), mas fiquei tão feliz com meu ~look~ que quis muito dividir com vocês! Caso vocês gostem da maquiagem e/ou cabelo, posso ensinar em um video para vocês, é só pedir via comentário que eu faço, foi bem fácil (porque né, eu sei que muita gente lê o blog mas tem preguiça/vergonha de comentar ): o que me deixa triste, porque ai eu acho que ninguém tá lendo, haha. gosto muito de ler comentários, fico super feliz #desabafo).

Bisous :*

Siga o Avec Gigi nas redes sociais:
  Fanpage     Instagram ❤  Youtube ❤    Twitter ❤   Bloglovin’ 

Você tem alguma marca que te acompanha há muito tempo?! Bem, eu tenho: a Kipling. Ela esteve presente durante toda minha vida escolar e agora é minha companheira na faculdade e no dia-a-dia, crescendo comigo! Esse post foi feito, especialmente, para a II Seleção de Correspondentes da Kipling. Caso queira mais informações é só clicar aqui.

Há poucos dias, eu fui até a loja da Kipling para conferir a coleção Holiday, que foi totalmente inspirada em coisas que nos fazem bem: festas, comemorações, diversão (). E para transformar esses sentimentos em uma coleção de bolsas, mochilas, penais (é como chamamos estojos aqui em Curitiba!), carteiras, ficharios,.., foram desenvolvidas cores que alegram qualquer produção!

As cinco novas cores são: pink orchid, um rosa super bonito e vibrante na medida certa; salmon pink, que é um salmão liiiindo-de-viver esuper diferente; cactus green, um verdinho que lembra sorvete de menta (); glacier blue, que é um azul bem chique mas ainda sim, divertido!; e o brilliant purple, um roxinho super fofo.

DSC_0047

Glacier Blue, Pink Orchid, Salmon Pink

glacier blue

Glacier Blue

cactus green

Cactus Green

salmon pink

Salmon Pink

A loja que eu visitei é a primeira loja da marca aqui em Curitiba, que fica no Shopping Mueller! Mas, há pouquíssimo tempo foi inaugurada uma loja no Shopping Patio Batel, tem detalhes da loja aqui! As duas lojas são super lindas e cheeeias de produtos de babar!

Para ilustrar ainda mais essa coleção tão divertida que é a Holiday, resolvi montar alguns sets para diferentes momentos de diversão e alegria!

Untitled-6-m

Glacier Blue é uma cor tão bonita e “refrescante” que resolvi montar um look de final de semana: que tal dar um passeio no parque (ou até na praia) acompanhado de alguém que te faça feliz?!

Untitled-3

Cactus Green é um verdinho tão alto-astral que achei uma ótima ideia combinar com uma saia rosinha super delicada, que não tire muita atenção dessa cor linda, mas que complemente tudo! E o mais legal é que dá para usar em várias ocasiões, como em uma festinha, na balada, para ir ao shopping, ao cinema,…! Untitled-2

Quando vi a Stelba na cor Salmon Pink lembrei da minha mochila dos tempos de escola e foi aí que pensei: “posso montar um look que deixe a mochila com cara de faculdade/estágio.” E tanãnnn, fiz! O melhor de tudo é o conforto, porque posso levar o notebook, os livros e tudo mais, distribuindo o peso ao invés de usar em um só ombro! Minha coluna agradece !
Untitled-5

Pink Orchild é um rosa vibrante e muuito divertido. Pensei em um look bem moderno mas não muito colorido, para dar um destaque ainda mais para a cor! Para não ficar tudo muito sombrio é só usar com coturno florido, que dá um toque romântico e moderno ao mesmo tempo!
Untitled-4 Brilliant Purple é um roxo muito bonito e clássico! Para acompanhar a cor “marávis”, lembrei da cor cactus green e procurei um vestido romântico da mesma cor! Ficou muito refrescante e leve, complementando o roxo clássico!  

O objetivo da coleção é oferecer praticidade ajudando na organização do dia-a-dia! Por isso, vale lembrar que as cores não estão disponíveis só nos produtos aqui ilustrados, mas sim em vários outros modelos de mochilas, estojos, bolsas, carteiras,… A variedade é bem grande, tanto que não consegui tirar foto de tudo na minha visita na loja, haha!

E ai, que tal trazer mais alegria pro seu dia-a-dia? Espero que tenham gostado da nova coleção! Torça por mim (:

 E não esqueçam de acompanhar o Avec Gigi:
 Fanpage  Instagram  Youtube  Twitter  Bloglovin’ 

jpeg

Oi! Não sou de fazer esse tipo de post com “dicas de look”, porque todo-mundo-faz, então não seria algo inédito. Mas depois de me pedirem algumas vezes, via twitter/ask.fm, resolvi fazer já que o Rock in Rio tá logo aí!

Adianto para vocês que ainda que ache bonito/legal ir toda produzida em shows, também acho meio bobo. Querendo ou não, produções mais elaboradas acabam restringindo seus movimentos e com isso, sua diversão. Festivais, como são feitos em um lugar aberto, são passíveis às mudanças de tempo. Pode chover, ventar, fazer o maior sol do mundo e quase sempre terá lama para atrapalhar e te sujar inteira. Então vamos evitar vestidos ou saias longas, porque ficam lindos longe de grama-lama-e-sujeira!

Eu já fui em três festivais, o Lupaluna, que é aqui em Curitiba e acontece a cada dois anos, e o Lollapalooza, que acontece em São Paulo e é o melhor festival do mundo, na minha opinião. Curitiba é uma das cidades com o tempo mais louco do mundo. Ainda que o Lupaluna aconteça em maio, o frio é terrível! Sem brincadeira alguma, nas duas edições eu tive que ir de blusa de lã, bota e cachecol! Estava cheia de blusa e tenho certeza que isso comprometeu, um pouco, minha diversão no show (já que eu parecia uma bolinha de roupa).

essa é a única foto que tirei de mim no Lolla ): Mas eu estava com uma regatinha por baixo dessa camisa florida, um shots podrinho (que foi feito de uma calça velha de um amigo meu) e meu all star de guerra (que sujou um pouquinho!). Fui com uma bolsa pequenininha e de óculos, porque sou cega!

Já o Lollapalooza acontece em abril, e é em São Paulo, o que deixa as coisas ligeiramente mas quentes. Com isso, eu tenho quase que um “uniforme” pronto. Como não quero ficar “presa” por roupas, e sei que vou ter que sentar no chão, pisar no molhado e posso correr o risco de pegar até chuva, sempre vou de shorts… “Mas shorts não vai fazer você molhar a perna se chover?”, é, vai! Mas prefiro ficar com a perna molhada e depois enxugar com qualquer coisa, do que ficar com o jeans molhado. Também tento ir com uma regata bonitinha por baixo de uma camisa de algodão, ou ir de camisa e levar uma blusinha que não seja pesada de carregar.

No caso do festival ser quando o tempo estiver um pouco mais calor do que frio, não vá com jaqueta ou calça de couro. A calça de couro gruda de um jeito não muito legal na pele e pode te assar, tipo bebê, sério. E no caso da jaqueta, ela é incrivelmente pesada para carregar e vai se tornar um incomodo quando você quiser pular durante o show. Um suéter abertinho, ou um moletom não muito pesado, é a melhor saída. Outra ideia também, é levar uma camisa de flanela e amarrar na cintura! Parece meio estranho, mas tem looks muito legais compostos com camisa amarrada (:

Vogue • Vogue • Taru

Mas o que eu acredito que a sua roupa tem que ser algo que te faça confortável no sentido físico e no sentido visual, porque não adianta colocar sua roupa mais confortável se ela vai te deixar desconfortável no sentido visual! E ah, tente não levar uma bolsa muito grande, quanto menor, melhor! Tanto para você cuidar, quanto para você carregar!

E o mais importante: divirta-se! Pule, cante, dance, ria, chore,… Porque um festival é tudo de bom e fica gravado na’gente pra sempre!

Bisous,
Gigi.

E não esqueçam de acompanhar o Avec Gigi:
 Fanpage  Instagram  Youtube  Twitter • Bloglovin’ 

Nesse final de semana aconteceu o 5ª edição do LABmoda aqui em Curitiba, o primeiro de cinco eventos que acontecerão por aqui até o final do ano. Foram apresentados 20 estilistas locais em desfiles que aconteceram durante o sábado e o domingo. Eu estive lá, junto com a Mel e com o Doug e resolvi organizar as tendências de beleza que vi por lá.

Vale lembrar que, normalmente, nas semanas de moda a maioria dos desfiles são conceituais e não comerciais, ou seja, as roupas dos desfiles não são as mesmas que serão vendidas, mas sim como se fosse um “exagero” do que estará na “moda”. A mesma coisa acontece com a beleza nos desfiles: nem tudo que aparece é para ser usado da mesma maneira, por causa do exagero. É óbvio que se você quiser copiar tintin por tintin, você pode, mas geralmente é só para “ter uma ideia” do que será utilizado na estação. Ainda que no LABmoda alguns desfiles foram mais conceituais, a maioria foi comercial, ou seja, são as peças que serão comercializadas (:

Não vou colocar todas as maquiagens e cabelos de todos os desfile porque além de serem muitas, algumas são bem parecidas. Então escolhi as minhas preferidas!

Anderson Petri:

1

O cabelo do desfile era texturizado e levemente preso. Se você reparar bem, a primeira modelo está com uma trança espinha de peixe, enquanto a segunda com um “rabo de cavalo” bem solto. Já a maquiagem tem um olho preto pesado, sem ser muito esfumado. Há bronzer nas bochechas e um batom rosado na boca.

Como usar na vida real? A dica é fazer um olho não tão preto e usar em um ambiente menos “sério”. O cabelo pode ser usado no dia-a-dia, caso você goste desse aspecto mais bagunçado. Eu usaria para ir em uma balada (:

C.Y.B.E.R – The Mystic Dream

A coleção é totalmente futurística, com muito metálico, lycra e pele fake. Já a maquiagem é bem colorida, dando esse contraponto com o metalizado. As maquiagem bem colorida estava na moda no verão. Muitas marcas lançaram produtos assim…

Como usar na vida real? Assim como desfile, a maquiagem é mais conceitual. A dica é você usar as cores de um modo menos “fantasioso”, para isso aposte em um lápis colorido na base dos cílios, ou até um rímel colorido!

Blue188 – Além das Pérolas

O desfile foi todo inspirado nos anos 20, no jazz e no filme The Great Gatsby! Ou seja, muitas pérolas, cabelos presos e maquiagem clássica. O cabelo estava em um coque mais baixo. Os olhos tinham um misto esfumado de cinza com marronzinho e na boca um vinho quase burgundy!

Como usar na vida real? A beleza desse desfile era tão clássica que dá para repetir sem medo! Tudo muito impecável e super bom para um festa mas “chique”, como em um casamento ou formatura!

Soraya da Piedade

Os desfiles da Soraya são sempre magníficos! E essa coleção não foi diferente. Cortes muito bonitos, vestidos impecáveis. Tudo de muito bom gosto. Saí do desfile querendo ter todas as peças que pareciam ter saído de um guarda-roupas de princesa!

Acompanhando as roupas lindas, a beleza do desfile também estava super delicada. A pele estava levemente rosada,  com os olhos delineados e uma boca rosinha. Tudo muito simples e bonito.

Como usar na vida real? É só copiar. tudinho! Dá para usar em qualquer ocasião, tanto para ir trabalhar, até para um casamento se a pele for preparada com mais cuidado. É maquiagem de boneca!

Fiz um post no A Series of Serendipity contando ainda mais sobre os desfiles, não esqueçam de ver! Além disso, eu e a Mel queremos que vocês escolham uma maquiagem dessas para fazermos um tutorial! Então não deixem de comentar aqui, ou lá no post qual vocês preferem!

Bisous,
Gigi

Para valer o sorteio, sorteado ou a sorteada, tinha que curtir a página do Avec Gigi, deixar o email no post do sorteio e curtido uma das redes sociais da OASAP! Por sorte, a primeira sorteada preencheu todos os requisitos para a participação…

 

A ganhadora foi a Amanda Gomes Demetino. O sorteio foi feito via Random.org!

Screen Shot 2013-06-02 at 2.16.08 PM Screen Shot 2013-06-02 at 3.21.13 PM

Qual é o prêmio?

A Amanda vai poder escolher qualquer um desses produtos, me avisar (mandando os dados) e eu mandarei um email para a loja que enviará para ela a roupinha!

oasap

Gostaram do sorteio? Se pudesse fazia com que todas as pessoas ganhassem ): O que acham deles acontecerem com mais frequência?

Bisous,
Gigi

Há algumas semanas o Avec virou parceiro da Oasap.com, uma loja online de roupas e acessórios com preços acessíveis! As roupas são lindas e atuais, ou seja, é super fácil achar uma peça que esteja em todas as vitrines, por um preço muito mais em conta. A loja não é brasileira, como vocês viram ao entrar no site, mas chega tudo certinho e o melhor: o frete é grátis para todo o mundo!

A Oasap entrou em contato comigo e propôs um sorteio de produtos da loja aqui no blog! E claro que eu topei. Será a própria Oasap que mandará o prêmio, ou seja, não serei eu que vou enviar para vocês, então não sei ao certo o prazo de entrega, mas assim que o sorteio for encerrado passo esses detalhes. Existem algumas outras regras estipuladas pela loja, inclusive que o sorteio só acontecerá se mais de 50 pessoas participarem.

Qual é o prêmio?

oasap

Você pode escolher uma dessas peças (1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8). As minhas preferidas são a saia rosa e o vestido preto! Acho delicado e estão tão bonitinhos (: Ao sair o resultado, o ganhador poderá escolher a peça (e a cor)!

Como participar?

  1. Se cadastre no site oasap.com/signup
  2. Siga ao menos umas das redes sociais da marca (pinterest, facebook, twitter ou instagram)
  3. Curta a página do blog facebook.com/avecgigi
  4. Compartilhe a imagem da promoção (com visualização para todos): http://migre.me/eFZR1
  5. Deixe um comentário nesse post com o email do cadastro na loja (para o controle da oasap).
  6. Preencha o formulário a baixo e boa sorte!

O sorteio será feito via random.org, no dia 01/06/2013, com base nos dados preenchidos no cadastro. Caso o sorteado não seja valido, o sorteio será refeito e publicado no blog!

Boa sorte para todos,
Gigi.

Colorindo o Verão

moda /

Esse artigo é um oferecimento da equipe do Magazine Luiza para o AVEC Gigi.

Sol, férias, praia, piscina e calor. Tudo isso indica que estamos na estação mais quente do ano, ou seja, o verão. E esse período costuma ser mais badalado que outras estações, pedindo assim looks mais divertidos e alegres.

Para isso, nada melhor que cores! Tanto é que nesse verão a moda é feita de roupas e acessórios coloridos. Junto do brilho dos tons metalizados e o floral das estampas tropicais, destaca-se a vivacidade das cores cítricas. E não está difícil encontrar estampadas nas vitrines roupas, bolsas e bijuterias nas cores verde limão, rosa pink, laranja e amarelo. E vamos combinar…, elas são lindas, não?!

Outra variação dessas cores são os tons pastel que aparecem na versão candy color, perfeito para compor um visual mais delicado e romântico. Nesse caso, é possível brincar com as cores, por exemplo, um short verde-menta com uma camisa bege, ou mesmo uma laranja de tom mais suave. Depois disso, basta investir em acessórios como os de caráter maxi para arrematar a produção.

Mas, se o seu desejo for de se jogar sem medo nas tendências, que tal apostar na mistura de roupas em tons pastel e acessórios de cores cítricas? A mistura, que combina a delicadeza das candy colors e a intensidade das cores fortes, esteve presente nos principais desfiles de moda do país e caiu no gosto das mulheres.

Foto: Lookbook.

Foto: Lookbook.

O segredo desses mix é apostar em acessórios chamativos, pois eles irão criar uma harmonia entre as cores e ajudar a destacar os típicos traços femininos. Uma dica que resulta em visual super fashion é ousar no relógio, ou seja, combinar com o seu look um modelo de cor cítrica e bem forte.

Além disso, com a tendência dos multi-acessórios, vale combinar o relógio com um mix de pulseiras grossas e finas que o visual ficará bem moderno e com a cara do verão. E então, preparada para irradiar sua beleza no reflexo das cores poderosas?

DSC_0071-m

No meu aniversario, ganhei de uma amiga linda, a Carol, o livro Cronologia da Moda. Ela fez uma surpresa e apareceu, sem me avisar, aqui em casa, para me dar os parabéns. Na época, ainda fazíamos jornalismo e eu tinha acabado de terminar um curso de Jornalismo de Moda, que era exatamente com o que eu queria trabalhar no jornalismo.
DSC_0072-m

Tanto por causa do curso, quanto por causa de gostar muito da história da moda, já tinha lido alguns livros sobre o assunto e eram muito diferentes! Esse livro consegue ser mais simples, um pouquinho menos técnico, mas ainda sim super rico em informações relevantes para quem quer conhecer moda, mas não entende muita coisa.

DSC_0073-m

Outra coisa que me fascinou muito, que ele coloca como a mulher se portava, se vestia e era vista em cada época. Assim podemos relacionar a realidade da mulher com as roupas que elas vestem, o que tem muita-mas-muita influencia…Também mostra detalhes sobre maquiagem de cada época, dos ídolos, das músicas, coisas que querendo ou não, estão inclusas nesse universo!

DSC_0081-m

Passando de Maria Antonieta, com seus vestidos de luxo, chegando até no gênio Alexander Mcqueen, o livro consegue introduzir qualquer um muito bem nesse mundo tão vasto que é a moda!

 

E vocês, tem algum livro de moda queridinho?

Marilyn Monroe vem recebendo várias homenagens pelo seu cinquentenário de morte. Depois da M.A.C. prestar sua homenagem, lançando uma linha de produtos inspirados na atriz, a Chanel elegeu Monroe como musa da campanha do perfume Chanel Nº 5.

A razão da escolha foi uma declaração que Marilyn deu à revista Life, em 1952. Quando perguntaram o que usava para dormir, a atriz respondeu que usava “apenas 5 gotas de Chanel Nº 5 e nada mais.”

Ao vasculhar arquivos antigos, a Chanel encontrou o áudio de uma entrevista de Marilyn e fotos nunca publicadas de um ensaio dela deitada na cama, enrolada em lençóis, com um frasco de Chanel Nº 5 na mesa ao lado.

Mesmo não sendo muito fã da Marilyn, eu adorei a homenagem. Ela representa uma mulher muito forte, que mudou um pouquinho os padrões da época. Vendo o filme Sete Dias com Marilyn, é mais fácil entender a personalidade forte da atriz. E nada mais adequado do que uma mulher forte que virou um ícone para representar um perfume com as mesmas características.

O Prêmio Video Music Brasil, o VMB, aconteceu ontem, reunindo grandes nomes da música brasileira. Com shows de grandes artistas como Planet Hemp, Racionais MC’s, Projota,…, o prêmio teve uma ênfase no Rap brasileiro. Porém, a Nicki Minaj do Pará Gaby Amarantos acabou roubando a cena, do que deveria ser o VMB do Rap, levando para casa 3 prêmios, incluindo de “Artista do Ano.” Se foi justo? Acho que não.

Com um dresscode bem variado, VJs, músicos, atores e celebridades em geral passaram pelo tapete preto majoritariamente bem vestidas. Tirando a nossa querida Gaby Amarantos, não houve nada muito extravagante e totalmente feio. Em linhas gerais, os looks estavam satisfatórios, ou seja, Marimoon estava vestida como sempre, Sabrina Sato colocou um vestido super curtinho,…

Titi Müller veste vestido de Samuel Cirnansck. Sabrina Sato veste brincos de Letícia Sarabia, vestido de Marcelo Quadros e sapato Louboutin.

O vestido da Titi foi o meu preferido. Todo de renda e não muito curto, com um sapato preto, deu um ar romântico que combina com a aparência da VJ. O batom vermelho combinou muito bem com o look, o descontraindo. Já Sabrina Sato, estava com um brinco gigantesco da Leticia Sarabaia e um vestido curtinho. Nada além do que é esperado dela.

Titi Müler e Rodrigo Tavares

Acredito que o Tavares é um dos homens mais estilosos que já passaram pelo VMB. Desde a explosão da Fresno, banda que era baixista até o começo desse ano, sempre está impecável no tapete preto. (Vamos ignorar o cabelo dele na fase emo, na época parecia bonito.)

Jana Rosa veste vestido Giuliana Romano e sapato Schutz. Anna Luiza usa vestido Guilenia Bogosian.

Jana Rosa estava toda de preto, deixando o brilho, um dos seus looks corriqueiros, de lado. O sapato deu uma descontraída na sobriedade da roupa. Ana Luiza Castro estava maravilhosa no vestido de Bogosian, sem dúvidas, meu segundo look preferido.

Tata Werneck veste Pat.Bô, por Patricia Bonaldi. Talytha Pugliesi veste vestido Miele e sandálias Corello.

Tenho uma preguiça dessa Tata Werneck, até pouco tempo achava que ela só se vestia como menino. De qualquer forma, eu já gostei muito da marca alternativa da Patricia Bonaldi, mas já ficou muito batida. É blogueira da FHits usando, é famosa usando em premiação, é menina em festa de 15 anos usando… Dá uma preguiça que só. A Talytha, por sua vez, estava linda com o vestido da Mieli. Adorei o batom Burgundy dela, arrisco a dizer que é o Diva da M.A.C.

Bruna Caram e Monica Iozzi são dois exemplos de como é possível ficar formal de calça. Enquanto a Bruna foi com um look fofíssimo, a Monica se arriscou na calça metalizada e no blazer sem nada por baixo.

Falem mal o quanto quiser, mas não achei o terno do PC Siqueira um absurdo como estão falando. Combina com ele, querendo ou não, ele é colorista de HQ, esse terno com desenhos geométricos ficou uma gracinha nele. E o Bento estava um lindinho também. Achei o look dele bem parecido com o Robert Pattinson em um VMA.

Adorei a roupa da Karol Conka que, segundo ela, foi quase completamente garimpada em brechó. O look era totalmente Street, mas nem por isso ficou informal. A mesma coisa aconteceu com o Criolo, que estava com uma calça caqui, camiseta e tênis, mas mesmo assim não ficou totalmente informal.

Ah, Didi… Eu achei o conceito da saia bacana, algo meio Marc Jacobs. Só não entendi a calça por baixo. Tinha tudo para ser diferente e causar impacto, mas o resultado, por causa da calça, foi tosco. Já a Marimoon está do jeito que ela deveria estar. Não que isso seja bom. Para mim, ela é meio errada. Os piores, na minha humilde opinião, seriam os dois, se não fosse…:

Gritando para todos “sou diferente, tenho orgulho por ser diferente”, Gaby Amarantos me deu vergonha alheia. Não quero ser preconceituosa nem nada, mas uma coisa é ser diferente, outra é exagerar para tentar ser vista assim. Dizer que tem celulite e que não é magra, na minha opinião, foi uma tentativa tão sonolenta de mostrar que é especial porque não segue um ~padrão~. Não é bem assim, gente. Alguém apresenta a Beth Ditto para essa mulher.

Alegar ser a representante da música pop brasileira deu uma coisa na minha cabeça e vontade de rir de nervoso. Não sei nem se considero a música dela tecnobrega, Banda Uó deixa ela no chinelo, por exemplo. Ela me lembrou a Nicki Minaj, com um pouquinho de Lady Gaga, clamando pela atenção a qualquer custo. Ser gordinha, usar roupas estranhas, não ser exatamente o que “o padrão de beleza” exige, não te faz melhor do que ninguém. E vale lembrar que, hoje em dia, o “padrão de beleza” é bem mais amplo, não se restringindo apenas à modelos tamanho 0.

Entendo que ela possa ter tentado mostrar que dá para chegar onde ela chegou sem ser exatamente o que é “imposto”, mas de qualquer forma: calma e abaixa bola. “Ex Mai Love” foi a primeira música que estourou no Brasil todo e foi por causa da novela. Aguardaremos o futuro para saber se Gaby Amarantos terá continuidade ou será a Nicki Minaj do Pará para sempre.

Ah, sobre a roupa: acho que a Nicki vai precisar para o próximo show. Tomara que não tenha estragado com a festa de depois do prêmio.

E o que vocês acharam do prêmio? E dos looks?

Fashion People Mueller

moda /

Até o dia 7 de maio, quem quiser pode enviar um look para participar da terceira edição do concurso Fashion People que selecionará os 10 finalistas para estampar o Look Book de inverno do Shopping Mueller. Os vencedores serão premiados, cada um, com a publicação do look, com destaque para as tendências e composições apresentadas, além de ganhar um vale-compras no valor de R$1.500 para gastar em qualquer loja do shopping. Entenderam? É… Mil e quinhentos reais para gastarem no shopping.
Quem quiser participar é só postar as fotos no no Facebook do Mueller. Lá também está o regulamento inteiro e todo as informações certinhas!

Eu estou participando também! Queria pedir a ajudinha de vocês! Para votar é muito fácil… É só entrar nesse link e clicar em “gostei”! Agradeceria muito (:

Quero ver todo mundo participando, viu?! E se participarem, deixem o look no comentário para eu gostar 
também!

Com a credencial na mão, moleskine e caneta, gravador e a Carol, minha fiel escudeira durante esses dias, fui cobrir o Lab Moda para o blog! Foi a primeira experiência que tive para colocar em prática o que ando aprendendo no curso de Jornalismo de Moda!
Enquanto na Passarela 1 aconteciam os desfiles de estilistas que já estão inseridos no mercado, na Passarela 2 novos estilistas podiam mostrar sua coleções, que eram bem mais conceituais e experimentai, diga-se de passagem. Nos intervalos dos desfiles, para mostrar que moda está diretamente ligada com outros tipos de manifestações culturais, haviam shows de bandas curitibanas e apresentações de grupos de dança!

Maria Eduarda e Tatyane Barroso

Fotos: Reprodução

O desfile que abriu a Semana de Moda curitibana apostou em três tendências decorrentes das temporadas passadas: o veludo, a renda e o metalizado. Foram 5 looks inspirados em bizâncio, antigo Imperio Romano do Oriente.

Roberta Pinto

Fotos: Reprodução

Inspirada nas aeromoças, a coleção de moda intima de Roberta Pinto trouxe calcinhas que pareciam hotpants e underwears mais “comportadas”.

Novo Louvre

Fotos: Reprodução

Abrindo a Passarela 1, a marca NovoLouvre, ao som da banda Goo Goes Laves apresentou uma coleção muito agradável aos olhos. Sem nada de muito conceitual, mostrou peças que podem serem usadas, na vida real, sem problema nenhum. Adorei os tricôs e principalmente os vestidos. A beauté do desfile estava impecável. (Farei um post dedicado a beleza, haha)

Maribella

Fotos: Reprodução

O desfile apresentou muito veludo, paetê, bordados e transparência. O conceitual ficou de lado, dando espaço para peças que, com toda a certeza, ficaram no desejo das mulheres. Todas as roupas eram impecáveis, desde o vestido de paetês até a calça de veludo. (Ontem fiz um editorial em que boa parte das peças eram da Maribella… Aguardem!)

P.Verso

Fotos: Reprodução

Fechando o primeiro dia da Semana de Moda, a P.Verso trouxe uma coleção masculina inteira inspirada nos desenhos de Roy Lichtenstein. Como sou fã dele, adorei a coleção! A única coisa que não me agradou foi não ter a mesma coleção para mulheres.

Esse foi o resuminho da abertura do festival! Desculpa a demora para postar, andei ocupadíssima com trabalhos, provas e com o editorial. Amanhã coloco mais coisas.

Beijos, bonitas!

Desde a última quinta-feira até domingo, Curitiba virou palco de inúmeros desfiles de moda no Museu Oscar Niemeyer. Além dos desfiles, o Curitiba Lab Moda contou com mostras de dança e shows de bandas curitibanas!
Como já estava quase no final da semana, eu estava completamente exausta e minha imaginação foi embora na hora de montar o look!

Como resolvi focar na maquiagem, usei meu batom vermelho preferido, o Ruby Woo da MAC. Para não deixar os olhos mortinhos, usei um pouco da sombra Wild Sable, da Esteēe Lauder, no côncavo e passei muito rímel. Acho que usei o Lashionista e o Colossal, ambos da Maybelline e curvex do Shu Uemura. (Acabei de descobrir que o Lashionista só vende na Asia. Vou fazer um review para vocês). E nas bochechinhas, usei o blush Mocha, da MAC.

Como estava cansada e sem inspiração, fiquei no básico! Escolhi uma camisa branca, bem normalzona, uma calça preta de alfaiataria e um maxi-colar para deixar tudo mais moderno.

Foto: Vanessa Leal/Fernanda Linero
Para ajudar a Carol foi comigo para tirar fotos. Também estavam lá minhas duas amigas fofoas, a Fernanda Linero, do Chá de Futilidade, a Vanessa Leal, tirando fotos lindas, e o pessoal do FashionPuc, ou seja, meus veteranos queridos Hellen e Francisco!
Ah! Lembra que eu disse sobre o batom no tom Burgundy nesse post? Então, a Cris Takaya usou (e muito bem) a tendência apresentada nas passarelas da europa! Sem falar no turbante, que deu um ar muito legal no look preto da moça!
Foto: Vanessa Leal/Fernanda Linero

Escolher boca marcante ou olhos carregados voltou a ser dilema nessa estação. Para adeptas do olhar fatal, a proposta grunge ganha forca neste inverno, assim como o que se viu nas passarelas da Louis Vuitton e de Jean Paul Gaultier. Destaque para os olhos carregados, esfumaçados em grafite – metalizado ou não- e boca nude.
Já as cores no olhar, presentes no desfile de Stella McCartney e nos visuais assinados por Anna Sui, ficaram por conta de máscaras de cílios e delineadores. Cabelos presos e com aspecto molhado contrastaram com o look mais descontraído.

Para quem prefere a boca marcante, as derivações de vermelho esquentam as produções dos dias frios. A Gucci, elegeu o tom que é a nova cor do inverno, o Burgundy, com textura lustre, menos molhada que o gloss, abandonando o matte das últimas temporadas. Combinado aos cabelos soltos levemente ondulados, o batom confere ao visual um tom suave, aliando a extravagancia com feminilidade.

O foco também pode estar nas unhas, com cores escuras como preto e a cor da estação, o roxo Burgundy. As nails arts continuam nessa estação, como a inglesinha – aquele estilo de francesinha, mas em que as cores pálidas são substituidas por cores mais escuras. E o Frenzy, o novo esmalte da Chanel também mostra que o nude retorna nesse inverno.

Mulheres na Capa

moda /
Estou apaixonada pelas duas capas. A primeira é a capa da Vogue da Turquia e conta com a linda da Angelina Jolie. Já a capa da Interview, ganhou meu coração pela estética, porque eu não sou nem um pouco fã da Katy Perry… Ambas são do mês de março. 

Estou ansiosa pelo recheio das edições!

Estou apaixonadíssima pelo lookbook da coleção Outono / Inverno 2012-2013 de Pierre Balmain… A coleção, como se pode ver na campanha, é inspirada em filmes italianos e franceses, do final dos anos 50 e início dos 60, valorizando as curvas da mulher, mesmo com algumas estruturas retas na roupa…

As peças não fogem muito das temporadas passadas, com tachas, franjas, sem muitas camadas, nas cores preto, branco, cinza e azul marinho. Tudo muito chique, bem monocromático, mas mesmo assim muito bonito!

Adorei as jaquetas, os vestidinhos e os casacos. O jeito que a coleção trabalhou a transparência valoriza o corpo feminino, deixando sensual, sem ficar algo vulgar.

Gostaram? Qual é a peça preferida?

A Oreo, minha bolacha recheada preferida, está fazendo 100 anos de história! Para quem não conhece, ela é a mãe da negresco, mas… eu insisto em resaltar que ela é diferente. Para comemorar essa data, a marca criou uma campanha muito fofinha, com uma série de vídeos, que nos convidam a resgatar a nossa criança interior, e posters, que relembram fatos importantes do último século.

1912 ∣ A Branca de Neve e os Sete Anões na Broadway
1920 ∣ Lei Seca nos EUA
1952 ∣ Primeiro Filme em 3D
1953 ∣ TV Colorida
1954 ∣ O Nascimento do Rock’n’roll
1967 ∣ Summer of Love
1969 ∣ Chegada do Homem na Lua
1992 ∣ Ínicio das Mensagens de Texto

Feliz centenário, Oreo… Eu e meu copinho de leite te acompanharemos por mais 100!

A coleção de primaveira-verão da Givenchy conta com cores ultra-fofas e blushes maravilhosos. Além das cores, a textura e os desenhos dos produtos são maravilhosas. A campanha é muito bonita e me lembrou, por alguma razão do filme Melancolia, de Lars von Trier, que em breve terá resenha no blog!

A boa notícia é que os produtos venderão no Brasil… A má são os preços, mas isso não é novidade, né?!

Looks do Oscar 2012

moda /
Nesse domingo, dia 26 de janeiro, aconteceu o Oscar, o mais famoso prêmio de cinema, reunindo famosos e famosas e seus trajes maravilhosos. Assim como o Grammy, não foi nada fácil escolher “O” vestido preferido, por isso, resolvi dividir com vocês os mais bonitos, na minha humilde opinião.
A Milla Jovovich, a Alice, do Resident Evil, estava usando um vestido da Elie Saab, cheio de brilhos de um ombro só, as jóias eram de Jacob & Co.. Já a Gwyneth Paltrow usou um vestido branquinho, de um ombro só, assinado por Tom Ford, que tinha uma capa nos ombros. E as jóias eram da Anna Hu.
Eu sou completamente apaixonada pelo vestido da Kristen Wiig, adoro vestidos que tem esse caimento. O vestido é assinado pelo J. Mendel. Giuliana Rancic apostou no brilho, vestido feito por Tony Ward, enquanto Kelly Ripa usou um vestido minimalista da Carolina Herreira. A maravilhosa Cameron Diaz, apostou em um vestido de seda da Gucci Première, com a saia de chiffon plissada e bordada e jóias de Harry Winston.
A Natalie Portman e a Emma Stone abusaram das cores e da feminilidade. Natalie, usou um longo vermelho, cheio de poás da Dior Haute Coute, da coleção Rare Vintage 1954, jóias Harry Winston, carreira Charlotte Olympia e sandálias Dior. Já Emma, usou um modelo de Giambattista Valli e uma carteira Louis Vuitton.


Jéssica Chastain usou um Alexander McQueen, lindo! Não consigo parar de olhar esse vestido, é muito amor! Sandra Bullock foi de Marchesa, preto e brando, com um bordado dourado lindo!
E o bafafá da noite: Angelina Jolie. A musa vestiu um pretinho, Atelier Versace, nada básico. A fenda mostrava suas lindas pernocas, e seu acessório mais lindo, o maridão, cuidava da moça! Acho esse casal tão gracinha, porque além de estarem o tempo todo junto, eles sempre estão com um ar de romance!
Amanhã rola post sobre os filmes que ganharam e as maquiagens mais bonitas!

Uniqlo Colorida

moda /
Quando fui para a Ásia, conheci uma marca japonesa de roupas básicas chamada Uniqlo.  Cheia de camisetas engraçadinhas, jeans confortáveis e moletons quentinhos, a loja tomou um espacinho do meu coração. 
Não cheguei comprar muita coisa, porque não cabia na mala. A única peça foi um casaquinho de bolhinha, que tem o tecido que parecido com de cobertor. E ele é uma delicia. Depois, fui descobrir que ela é famosa por casacos fofinho e quentinhos e agora, não só pela Ásia, mas pelo mundo todo também.

Mas esse post não é para falar sobre as minhas compras, mas sim sobre a nova coleção linda da loja e sobre os tipos de calça. A Uniqlo chamou a blogueira Tavi, conhecida como a-blogueira-prodígio (não sei por quê), e a fofa Cyndi Lauper para serem garotas propaganda das novas coleção de calças skinnys, com o corte no joelho. Esse tipo de modelagem-e-corte está super na moda (me cobrem um post sobre isso). Além do corte, as calças contam com várias cores marcantes, perfeitas para serem usadas no colour-blocking.

Além desse modelo, a loja conta com dezenas de outros cortes. Mas o que mais me admira é como eles colocam isso para as compradoras compulsivas onlines clientes.

Nesse quadro, existem 7 modelos com as especificações de qual é a altura da cintura, qual como ela veste (se é skinny ou mais larguinha), e como é a silhueta, ou seja, como se a calça vai afinando ou abre na barra.
Eu, por exemplo, odeio calça de cintura baixa. Quando digo isso, não estou querendo dizer que só uso calça de cintura alta, mas, o que acontece comigo, é que eu prefiro as calças que, pelo menos, cheguem quase no umbigo. Com o site colocando todas essas informações, é mais fácil eu saber qual calça de adapta ao meu corpo, na hora de comprar pela internet. Se forem comprar, é melhor dar uma lida no sistema de medidas, para não comprar tamanho errado (:
Não esqueçam do comentário!

Já parou para pensar como uma cidade pode se parecer como uma mulher? Não? Bem, a Louis Vuitton pensou e criou uma série de videos relacionando a mulher com uma cidade.
O primeiro video, da série de curtas, é de Hong Kong. A mulher/cidade é definida como uma mulher de contrastes, um pouco melancólica,… Ficou muito interessante, não vou contar mais para não estragar o desenvolvimento do video.

Gostaram? Deixe seu comentário!